Lixo no lixo

lixo1

                                                                                                                                        lwg

O que mais me surpreendeu na primeira visita à Manchester foi a grande quantidade de lixo nas ruas. Vindo do Brasil, nada muito considerável. Mas se tratando de Inglaterra ou Europa, foi quase um choque. E em geral, os estrangeiros assim como eu, também comentam.

Mas de uma certa forma, a coisa funciona. As lixeiras são bem distribuídas pela cidade e a coleta de lixo é regular. E quando passa o caminhão, não vemos aquelas sacolas de super rasgadas espalhando tudo de novo… O recolhimento é eficiente. A reciclagem é levada à sério. Basta ajustar o hábito de se importar com o assunto.

Aqui também vejo galera jogando lixo no chão. Lá (no Brasil) também. Mas, educação é (e sempre será) a chave de tudo. Faço minha parte. E tento ensinar. Uma vez meu filho terminhou seu lanchinho e me entregou o pacotinho. Disse: Ei, não sou lixo garoto! Vamos procurar uma lixeira? Por sorte encontramos uma por perto. Que tal?

*Como funciona: no meu bairro, toda terça-feira de manhã passa o caminhão do lixo. Uma semana lixo seco, outra semana lixo geral, e assim por diante. Cada casa tem seus próprios (4) containers:
Verde: orgânico
Azul: papel
Marrom: latas, embalagens plásticas, vidro e alumínio
Cinza: todo o resto

Vidmo se, Hrvaska!(*)

wp_20160726_037

Split, Croácia – lwg

Onde fica a Croácia? Geograficamente está na porção sudoeste da Europa e faz fronteira com a Eslovênia, Sérvia, Bósnia e Herzegovina, Hungria e Montenegro. Com a Itália, divide a fronteira do mar Adriático. A capital se chama Zagreb… e tem também Zadar, Split, Privlaka, Dubrovnik…

Politicamente é um dos seis países que se independizaram da Iugoslávia (atual ex!), lá da década de 90 (séc. passado!).

Economicamente integra a União Europeia (desde 2013) e aos poucos vai trocando as Kunas, por Euros (1 euro=7,53 kunas).

E, AFETIVAMENTE, é onde moram a tia, o tio e a piiima. E parece a casa da gente. Sem mais delongas, algumas imagens que falam mais que minhas palavras.

Você já foi à Croácia nega, não? Então vá! De repente fugir de praia muvuca e dos preços absurdamente europeus (para nossos padrões brasileiros!), a Croácia é uma boa dica/surpresa. Que tal? (*)Até breve, Croácia!

*A Kamauf Tours é uma agência de turismo com sede em Zagreb. O pessoal é super atencioso e, vejam só: tem guias brasileiros! Confere lá!

Brique pelo mundo

img_20161029_134144212_hdr

Altrincham Market – lwg

Altrincham é uma pequena cidade na ponta sudoeste de Manchester, pertencente ao município de Trafford, condado de Cheshire. E, de novo, mais um daqueles lugares que ficam pertinho da minha casa.

Assim como Sale, que descrevi em outro post, Altrincham tem sido nossa opção para compras, passeios e serviços, já que, além de perto, é cheia de charme. Originalmente fundada em 1290, possui diversas atrações, grandes parques e um famoso mercado. O tradicional Altrincham Market.

No Alty Market as tendinhas vendem de tudo. Roupas e acessórios vintage, geléias e doces caseiros, bijus e demais bric-a-brac (quinquilharias), além das bancas com produtos orgânicos e frescos, direto do produtor. Queijos, verduras, carnes, chás e até chocolates com toque especial. Um misto de Brique da Redenção (em POA) com aquelas feirinhas descoladas da Vila Madalena (em Sampa). Ou Notting Hill em Londres. World music tocando de fundo e uma galera bem bacana. Imaginou? Lá tem.

Vale a visita. Para o almoço, acabamos escolhendo um clássico hamburguer grelhado (ou na chapa mesmo!) feitinho na hora… não resisti. Pois é, por mais natureba que tento ser, ainda sou tri gaúcha e adoro um bom bife! Que tal?

*Em tempo: alerta de neve por aqui entre 8pm de hoje e 9am de amanhã. Meio cedo a coisa… será?