Chinês com estilo!

chines

                                                                                                                               Red Chilli – lwg

Para quem curte culinária oriental, aqui uma dica de um restaurante especializado na cozinha de Beijin bem bacana na cidade: o Red Chilli Chinese Restaurant na Oxford Street.

O local é decorado com estilo e bom gosto. No cardápio uma grande variedade de pratos típicos da China e da Província de Sichuan, região oste do país, famosa por suas (apimentadas!) pimentas! De novo, seja esperto na hora da escolha! Os preços são acessíveis. Para almoço, menu com preço especial: 1 course (prato principal): £6.50; 2 courses (entrada, prato principal): £8,50; 3 courses (entrada, prato principal, sobremesa): £10.

Como toda grande cidade, Manchester também tem sua Chinatown. Ainda não conheço muitos resturantes por lá, mas sei que seu roteiro gastronômico atrai muitos turistas e locais, em busca dos sabores do oriente. Que tal?

* Um restaurante chinês clássico em POA era o Pagoda, na rua Oswaldo Aranha. Lembram dos bolinhos de camarão empanado?

Anúncios

Sabores do mundo

buffet-315691_1280

                                            Sabores do mundo aqui em Manchester (pixabay.com)

Se todos os caminhos levam a Roma, em Manchester todos os aromas levam à Curry Mile, uma avenida famosa pelos seus restaurantes, cafés, mercados e demais serviços, diretamente do Oriente. Aqui na Inglaterra.

img_20170120_141958834

                                                                                                 Curry Mile – lwg

Pratos do Afeganistão, Paquistão, Bangladesh, India, Sri Lanka e Egito (entre outros) atraem os passantes com seus aromas, cores e música. Já visitei o principal mercado (do outro mundo!) e dia desses almocei por lá. As opções são muitas e acabei optando por um restaurante que combina comidas exóticas, bom preço e ambientação temática. Tudo com estilo. Tudo bem temperado. Com curry, of course.

Só não esqueça de avisar o garçom que você prefere mild spicy. Assim você consegue almoçar e respirar ao mesmo tempo! Faça uma visita. E deixe-se levar pelos encantos dos mil e um sabores do mundo. Que tal?

*O restaurante My Lahore oferece pratos saborosos e preços bacanas. Uma experiência de cores e sabores.

Doguinho de festa!

wp_20160812_004

                                                                                                         Leve doguinho! – lwg

Final de ano convidando, festa aqui, jantinha alí, e na hora do famoso “cada um leva um prato”, ficamos sem ideias. Uma dica bacana é o clássico doguinho de forno, ou mini hot-dog.

O recheio também pode ser frango, queijo, pizza, guisadinho ou legumes. O que vale é ser criativo, já que a massa é bem coringa. É pra ficar bem na foto em qualquer festinha! Que tal?

Doguinho de forno
Ingredientes:

1 tablete de fermento biológico (15 g)
Meia xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de açúcar
3 colheres (sopa) de manteiga
1 ovo
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 gema para pincelar
salsichas para rechear
(rende aproximadamente 70 doguinhos)

Como fazer:
Diluir o fermento no leite morno. Juntar o açúcar, a manteiga e o ovo. Acrescentar a farinha aos poucos até obter uma massa. Cubra com um pano de prato e deixe descansar por cerca de 30 minutos. Trabalhe a massa com as mãos por cerca de 5 minutos. Faça pequenas bolinhas e abra como pizza. Enrole com salsicha já cortada e cozida. Pincele com gema, coloque na forma e leve ao forno por cerca de 30 minutos ou até dourar. (Podem ser congelados depois de pré-assados)

*Adaptada do site Receitas Nestlé

Banana chic

banoffee-pie-11-800x533

Banana é popular em qualquer lugar do mundo. E uma boa dica de sobremesa simples mas com apresentação e sabor bem posh (sofisticado), é a Banoffee Pie.

A famosa torta inglesa foi criada em 1971 e combinava banana com caramelo – ou toffee (lembram das balas?) aqui na Inglaterra. Mas para bom brasileiro, é com doce de leite mesmo.

Há outras versões que levam chocolate e até café. Aqui, a receita clássica que fiz com sweet caramel. Não é tão consistente como um bom Conaprole (pra quem é do prata!) ou mumu (pra quem é gaúcho!), mas funciona. Que tal?

Banoffee Pie
Ingredientes:
200gr de bolacha Maria (rich tea ou digestive)
100gr de manteiga
1 lata de doce de leite (sweet caramel)
3 bananas médias cortadas em rodelas
Chantilly
Canela em pó

Como fiz:
Triturei a bolacha e misturei com a manteiga levemente derretida; coloquei em uma forma redonda de aro removível; levei ao forno por 20min; após, espalhei o doce de leite na massa e deixei na geladeira; cobri com as bananas fatiadas; na hora de servir, espalhei o chantilly (em spray) e polvilhei um pouco de canela;

*Halloween: deixei umas guloseismas à mão caso algum fantasminha bata na porta hoje à tarde. Ou não. Talvez finja que não tem ninguém em casa e prove as delícias… ainda não sei.

*Em tempo: o horário de verão terminou no último sábado por aqui. O dia teve máxima de 12º C. E agora, estou a +2h do Brasil.

Sabor de fruta

fruits

                                                                                            (dicasfasnfun.blogspot.co.uk)

As frutas que compro por aqui têm as mais diferentes origens. Já comprei uvas da Itália e do Egito, maçãs da Polônia e do Brasil, e bananas do Equador e da Colômbia. Além das berries – blackberry (amora), raspberry (framboesa), cranberry (arandos ou oxicocos) e blueberry (mirtilo) – que brotam em qualquer mato na Inglaterra, a variedade e a oferta de frutas por aqui é como nos trópicos.

dsc01782

Tempos atrás participamos de uma competição no playgroup onde levava meu filho em que o desafio era: quem acertasse mais nomes de frutas da cesta, levava pra casa! Ganhamos. E os sabores eram muitos. E bem exóticos (ou seja, alguns não deu para engolir!).

dscf0864

Claro, as frutas que aqui brotam, não têm o mesmo sabor de lá… do Brasil. Dia desses tomamos um suco de abacaxi que, pra mim, tinha gosto de sol, verão e beira de praia de lá. Memórias e verdades tropicais. Que tal?
As frutas da cesta:
Avocado (abacate)
Mango (manga)
Fig (figo)
Guava (goiaba)
Kiwi
Kahki (caqui)
Melon (melão)
Passion fruit (maracujá)
Lime (limão)
Lemon (lima)
Pineapple (abacaxi)
Apple (maçã)

*Outono chegou dia 22 com máxima de 17ºC. O alto verão esse ano marcou 26ºC.

Salta uma salada!

WP_20160516_008

Saladinha crocante! – lwg

Verão pede salada, refrescos, comidas leves e praticidade. Por aqui, apesar de a temperatura na cidade estar com preguiça de entrar no clima, me puxo nas ideias para aproveitar os legumes e verduras da temporada. E saladas são sempre uma boa pedida.

WP_20160708_001

Água saborizada à vontade num pub – lwg

A que preparei semanas atrás foi com filé de salmão. Mas também costumo fazer com queijo halloumi (coalho), atum ou peito de frango. O toque especial pode ser queijo gorgonzola, batata-palha ou kikos, o milho frito espanhol que substitui o crouton e deixa a salada bem divertida e crocante. Pra acompanhar, água saborizada com morangos, limão (lime) e lima (lemon) bem fresquinha. Que tal?

O que usei nesse prato
Alface americana (iceberg lettuce)
Alface crespa (oak leaf lettuce)
Rúcula (rocket)
Espinafre (spinach)
Feldsalat (folhinha de origem alemã, vendida aqui como mache)
Acelga vermelha (red chard)
Agrião (watercress)
Milho baby (baby corn)
Azeitonas verde (green olives)
Pimentão vermelho e amarelo (red and yellow pepper)
Tomate cereja (cherry tomato)

Cheesecake de morango

WP_20160522_008

Yummy… Que tal? – lwg

Dia desses fiz uma cheesecake de morango. Fazia tempo. Vai super bem após uma almoço com amigos e as temperaturas amenas do verão por aqui: em média 16ºC. A receita que faço (passada pela Clarissa há 1000 anos atrás) é muito fácil. Mesmo. Até eu consigo fazer e fica DE-LI-CI-O-SA!

Claro, existem muitas variações dessa tradicional sobremesa de origem grega, popularizada pelos norte-americanos. Umas mais fáceis, outras pra profissional. Mas como tenho feito essa há mais de 10 anos e sempre é sucesso de público e crítica, não vou mexer no time. Que tal?

Ingredientes:
200gr de bolacha maria ou maisena (por aqui Digestive ou Rich Tea)
01 pote de iogurte natural
01 lata de leite condensado
02 potes de cream cheese (400gr)
150gr de manteiga (derretida)
Schmier (geleia) de morango ou frutas vermelhas (ou blackberry jam)
Morangos para decorar
canela em pó
Forma de anel (aro removível)

Como fazer:
Triturar a bolacha (liquidificador ou multiprocessador), colocar uma pitada de canela e separar; juntar a manteiga derretida e misturar até ficar consistente; forrar a forma com a massa e levar à geladeira; no liquidificador, misturar o iogurte, leite condensado e cream cheese; bater bem; despejar na massa e levar ao forno por uns 30min (ou até o recheio ficar firme); esfriar; cobrir com a schmier e decorar com os morangos; servir gelada.

*Update: no último dia 23, os britânicos optaram por sair da União Europeia. Tudo em polvorosa por aqui.