Fazendinha & kids!

IMG_20170831_140325745_HDR

(lwg)

Para comemorar o aniversário do meu filho, sempre escolhemos um lugar surpresa para festejar a data. Museu, parquinho, restaurante com espaço kids, vale tudo. A ideia é passar o dia, ou algumas horas, num lugar só de criança. Ou simplesmente… brincando. Até agora, temos acertado em cheio (não sei até que idade)!

 

Esse ano o local escolhido foi a Red House Farm, uma fazendinha que fica no distrito de Altrincham e apenas a 20 minutos da minha casa. O local é super bacana e até recentemente, era uma fazenda produtiva. Atualmente o espaço é aberto ao público para curtição ao ar livre e festas.

 

Entre as atrações, além da extensa área verde, a RHF tem café ao ar livre e comidinhas feitas na hora, venda de produtos orgânicos, espaço coberto para festas, brinquedos, caixa de areia, área para piquenique, estacionamento, banheiros e, vejam só, entrada franca! Claro, tem até aqueles carrinhos e máquinas de colocar moedas para uma voltinha, mas eu, sempre que posso, passo reto!

 

Durante o verão, também acontece por lá o Maize Maze, um evento que aproveita a época da plantação local de milho para uma atração à parte (esse sim, pago). Tem tobogã, pula-pula, pista de kart e passeio de mini-trator. E no milharal, um labirinto onde as crianças e adultos pegam uma bandeira (para visualizar mais facilmente quem se perde!) e partem na aventura de se perder e se achar entre as plantas. O desafio é encontrar os 8 personagens espalhados e ganhar um carimbo em cada façanha. 

IMG_20170827_085044735

Bolo recheado com dulce de leche uruguayo, côco e cobertura de brigadeiro! – lwg

Depois de 40 minutos de voltas e voltas, bem cansados, uma parada estratégica: ainda faltavam 3 carimbos e muita caminhada. Perguntamos pro aniversariante: -Vamos em frente sem choro/colo ou queres ir pra casa? -Vamos em frente! Resultado: andamos mais de 1 hora, sem choro/colo. De ninguém. E da próxima vez, juro que levo mais garrafinhas de água e as minhas galochas. Lama por todo lado! Difícil manter a elegância no clima fazendinha & kids. Que tal?

Anúncios

Todo dia é dia de livro!

img_20170302_095256500_hdr

                                                                                                                        (lwg)

Esse é o segundo ano do meu filho na escola. E como o calendário estudantil por aqui segue à risca os eventos e datas comemorativas, hoje é um dia especial para a garotada: o World Book Day (2 de março). E a programação inclui: ir fantasiado do seu personagem/livro favorito (ou o quê as mães criarem de última hora!), bate-papo com autores, teatrinho, animação e, claro, livros.

img_20170303_085748290

Já havia comentado no blog sobre o Dia do Livro ano passado. Mas ainda fico maravilhada com o envolvimento de todos: famílias, escola e comunidade. O tema por aqui é tão importante que a cada semana na assembly (encontro entre pais, alunos e professores), as crianças que se destacam recebem um prêmio: e não há brinquedos ou doces. E sim, livros. À livre escolha. Assim como o presente de Natal para as turminhas no final do ano: livros. Bacana.

De qualquer forma na minha casa todo dia, é dia de livro. Mantemos a rotina de sempre ler livrinhos antes de dormir…quer dizer, antes líamos… agora o garoto já ensaia suas próprias leituras sozinho! Então, aproveitem se vocês, pais, ainda são os únicos alfabetizados da casa e curtam bem esse momento. É divertido. E passa muito rápido. Durma-se com um barulho desses! Que tal?

* Desfilaram na escola do meu filho há pouco: Harry Potter, Poppy (Troll), Peter Pan, super-heróis (Batman, Robin, Superman, Homem-Aranha), princesas (muitas!), Alice, Coelho Branco (Alice), Wally, piratas, bombeiros, bruxas e muito mais.
* E só para lembrar: livros no Reino Unido não têm impo$to

Se chover…

Encare assim mesmo! Transferir eventos em caso de chuva por aqui é tão em vão quanto a probabilidade de sol. Nada é garantia de nada! Marquei num sábado… choveu. Transferi para o outro… e na hora em que eu estava organizando a mesa, chuva.. Tipo chuvisco. Fazer o quê? E, vejam só, todos os convidados foram. Bacana.

Foi nesse clima que organizei o aniversário do meu filho ainda no final de agosto. E esse ano, em função de outrosquetais, a festinha seria outdoor… ou seja, na rua mesmo! Então, pensei num picnic.

A ideia era aproveitar os brinquedos do parque escolhido (que haviam sido totalmente renovados) para as crianças brincarem, e depois usar as mesas da área para picnic. E o menu foi só para crianças. Tudo homemade!

A molecada estava bem faceira. Mas claro, final de festa é sempre final de festa… brigadeiros esmagados, balões estourados e canseira geral. Ano passado pra completar, um temporal e banho de chuva. Já 2016, aniversariante com febre e de molho no dia seguinte. Mas feliz. E é isso que vale. Já pensou num picnic de aniversário? Pra quem mora numa cidade com sol, o sucesso é garantido! Que tal?

*Menu Kids da festinha: palito de frutas, doguinho, sanduiche natural, pão de queijo, brigadeiro e beijinho, suco de frutas e bolo (pão de ló com doce de leite e côco). Fica a dica!

Férias das férias!

WP_20160602_018

Trilha de bike pelo Bridgewater Canal – lwg

O calendário escolar por aqui é bem diferente do que temos no Brasil. Mesmo. Até por que, o ano letivo inicia em setembro e termina em julho. E o que também é bem diferente é a quantidade de folgas, feriados e etc.

Para se ter uma ideia, dos 239 dias letivos do maternal, 190 são aula e 49, breaks. Sem contar as férias de verão (22 de julho a 31 de agosto). Então, a grande equação é casar as férias da escola (do guri) com as da Universidade (do pai do guri), que segue outra escala. Enfim.

Folgas do calendário oficial da nursery, ano acadêmico 2015-2016
Feriados (bank holiday):7 dias
(Feriados no meio da semana são transferidos para as segundas ou sextas-feiras);
Folgas: 37 dias
(Em média 8 semanas inteiras sem escola: autumn half term, autumn close, spring half term, spring close e summer half term);
Escola fechada para treinamento dos professores (teacher trainning): 5 dias

E haja criatividade e logistica para entreter a criançada nesses dias. Quem pode, divide os cuidados com avós, tios, vizinhos, etc. Pra quem não tem esses luxos (eu!), é se virar nos 30 (ooops, 40!)! Mas tenho aproveitado bastante. Com as temperaturas amenas da primavera, é tudibom!

A folga mais recente foi na semana passada. Levei o pupil em parquinho, museu, biblioteca, restaurante, café, trilha de bike, passeio de trem, picnic, ufa! Cansei. Acho que preciso de férias das férias. Um respiro antes do merecido (para todos nós!) break do verão. É… acho que vou precisar de férias depois… Que tal?

Que tal livrinhos?

drawing-girl-boy-cloud-fantasy-books-stars-smiles

(revelwallpapers)

No dia 03 de março por aqui se comemora o World Book Day (Dia Mundial do Livro). A ideia é incentivar a leitura dos pequenos através de atividades voltadas para a leitura, literatura, imaginação, teatro e diversão. E o governo ainda distribui cerca de 15 milhões de vales-livro para instituições e comunidades.

A função toda começa de manhã cedinho, já na ida para a escola. As crianças nesse dia levam seu livro preferido para ser lido na turma e vão fantasiadas com seus personagens favoritos. Foi bacana ver dezenas de crianças pelas ruas, no frio, bem faceiras com suas criações. Todos se envolvem e os professores também se puxam nas caracterizações. As melhores ideias ganham prêmios. Este ano quem ganhou na turma do maternal foi um Gingerbread Man. Caseiro. Mas bem original!

Eu não conhecia a dimensão do evento por aqui e deixei escapar a produção. Chegando na escola, catei umas roupinhas e acessórios e improvisei uma fantasia bem legal (maluca) pro guri: calça de pirata, casaco amarelo-ovo e chapéu do Mickey (Fantasia)… Não sei o nome do personagem… Só sei que ele adorou. E Isso é o que importa. Que tal?

*P.S1.: O World Book Day é considerado pela UNESCO a maior celebração de livros e leitura do mundo e acontece em mais de 100 países (em diferentes datas)

*P.S2.: Livros aqui na Inglaterra tem 0% imposto (!!)

Que tal um cineminha?

cinema

No Brasil, levava meu filho no cinema desde os seus 06 meses de idade. Era o Cinematerna (sessões para mães, pais e bebês, com luzes e som reduzidos), mas com programação não muito específica para esse público. Como evento, era bem bacana. Anyway. Aqui em Manchester temos ido na rede de cinema Cineworld. O projeto Movies for Juniors mantém uma programação exclusiva para kids e toddlers, com preços e horários acessíveis. É diversão garantida… principalmente nas manhãs de frio e chuva quando opções outdoor ficam limitadas. A seguir os filmes que assistimos até agora e o que achamos.
Inside Out (Divertida mente)
Filme leve, sensível e inteligente para kids e adultos. Os personagens centrais são as emoções e os sentimentos (medo, raiva, alegria, tristeza e nojinho) da menina Riley e de que forma sua experiência de vida podem marcar profundamente sua memória e personalidade. Pelas risadas do meu lado, o filme agradou bastante. Eu adorei.

inside_out

The house of magic (A mansão mágica)
Achei que fosse uma historinha divertida sobre mágica e o imaginário criativo das crianças… Um gatinho fofinho, um mágico velhinho do bem e muitos brinquedos. Como animação, OK. Mas quase no final do filme, o corretor de imóveis inescrupuloso tira uma espingarda do carro e começa a atirar no gatinho, no rato, no coelho… Virei pro lado e ví o pequeno espectador grudado na cadeira. Tentei persuadí-lo a sair antes do final, mas não consegui. Vamos combinar: armas de fogo em filme infantil é o fim! Não gostei.

Minions
Ainda não entendi o que são as criaturas amarelas. Sorry. Animação ótima. Mas de novo, pancadaria, som carregado e uma vilã que luta, bate, atira, engana, etc, etc. Tudo aqui é Minions… galochas, livros, roupas, e até, brinquedos. Franquia tipo caça-níquel. O que consegui rir foi o personagem caricato da rainha da Inglaterra e o jeito British de ser. É isso.minions

The Good dinosaur (O bom dinossauro)
Assistimos no último sábado. Fomos (eu na verdade) com bastante expectativa. Parecia bem legal. E é. Mas, de novo, um pouco selvagem… já que se trata de animais e sobrevivência. Lutas e brigas também. Mas com a lição de que devemos superar os medos. E valorizar a família. Ok.

the_good_dinosaur

Também está em cartaz por aqui o filme do Snoopy. Pelo trailer, vai ser legal. Sempre gostei desse personagem. Dificilmente terá armas de fogo, violência e bichos assustadores. Ou talvez eu deva tirar o filtro cor-de-rosa e aprender que hoje em dia, a classificação LIVRE nem sempre é sinônimo de conto de fadas e final feliz. O mundo lá fora não tem o mesmo brilho das telas do cinema. Que tal?
peanuts_2015_movie_lying_woodeen_hd_desktop

 

Garden Birthday Party

Num sábados desses, final de agosto, foi dia de festa! Aniversário do Bruno. E após muito pensar, ponderar e me perder nas ideias, optamos por fazer a party em casa mesmo. E no jardim. Tema: livre… Ou pirata. Ou a casinha de pirata e tesouro que já tinha por aqui e era isso! 

Festa no jardim: piratas e outros que tais

Festa no jardim: piratas e outros que tais

Pensei até em fazer um picnic em algum parque do bairro e convidar alguns colegas e mummys dos grupos de crianças que frequentamos, os stay and play. Só que, picnic em Manchester com duas semanas de antecedência é, se não arriscado, roubada. Aqui, mesmo no verão, programas ao ar livre sem chuva, só de véspera mesmo e olhe lá!

Convidamos então as crianças que o Bruno já conhecia (em geral entre 02 e 06 anos de idade), alguns amigos nossos, conhecidos, colegas e futuros amigos. Marcamos entre 15h e 18h. Aqui, a duração da festa é levada super a sério. Se começa às 15h, é 15h mesmo. E o término é a mesma coisa. E todos que confirmaram a presença, vieram. Achei bem bacana. 

A produção da festa foi toda home made, caseira mesmo: décor, arrumação, comidinhas, bolo e a limpeza da casa. Consegui cadeiras de jardim emprestadas da dona da casa que alugamos e fiz pequenos banquinhos para as crianças com caixas de papelão de supermercado. Menu: tortinha de atum, pão de queijo, brigadeiro e beijinho, muffin integral de maçã, tomatinho cereja, uva e cachorro-quente. O bolo, a pedido do aniversariante, foi de cenoura com negrinho. Tudo com legenda em português e inglês. Para beber, água e sucos. Adultos: cerveja e clericot. Para uso dos copinhos de papel, uma dica ecológica: escrever o nome para evitar desperdício (ideia da Luisa). E som na caixa, claro. 

NiverNiver4Niver6

Então, o dia foi chegando e eu de olho na previsão do tempo (uso um aplicativo da BBC Weather no cel): nublado a muuuito nublado; Nublado com chuva; Chuviscos; Xiiiii. Bem, até que na sexta-feira anterior, surpresa: para o dia festa, haveria sol das 15h às 18h. Really? E assim foi! 

Festa e sol das 15h às 18h

Festa e sol das 15h às 18h

No total, havia 10 crianças e 12 adultos. Países representados? Brasil, Itália, Inglaterra, Eslováquia e Croácia. E na hora do parabéns, um pedido especial: todos foram convidados a cantar em português primeiro! Então, explicamos que a melodia era a mesma e todos participaram com lálálá ou whatever! E depois, o universal Happy Birthday… já que, well…

Chuva na finaleira com hora marcada

Chuva na finaleira com hora marcada

Resumo da festa: pelas 19h, nuvens escuras e chuva; os banquinhos mal foram usados; muitos copos foram para o lixo; docinhos esmagados pela grama; comida demais; o tênis novo do guri nem foi usado; presentes para abrir até 2016; e muitas conversas, risadas e brincadeiras; Ou seja, um sucesso. O aniversariante, depois do banho de chuva, já de pijama indo dormir, olha pra mim e diz: mamãe, eu gostei dessa festinha. Precisa mais? Que tal?

Niver8